quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Dicas de como fotografar seu bebê! - Revista Viver Curitiba

Foto de Rafaela Tarlé
Prematuro ou não, que atirem a primeira pedra os pais que não vivem com a câmera em punho prontos para eternizar os momentos de seu pimpolho!


A Rita do blog Botõezinhos, nos indicou há algum tempo o livro Mamarazzi, com dicas bacanérrimas sobre como tirar fotos, copio aqui um trechinho, mas se quiser ler na íntegra é só acessar o link: http://www.botoezinhos.com/2011/05/dica-de-livro-mamarazzi.html. Recomendo a leitura!

Crie situações em que as crianças se divirtam enquanto estão batendo fotos, como por exemplo:

♥ Proponha que eles pulem ou façam cócegas. Sorrisos naturais saem destes momentos.
♥ Peça para que brinquem com bolhas de sabão.
♥ Brincadeiras como construir fortes com almofadas sempre rendem boas risadas.

Copio aqui algumas dicas da revista Viver Curitiba, dada pela fotógrafa Rafaela Tarlé, de como melhor aproveitar os cliques dos bebês.

Confira algumas dicas especiais para fazer as melhores fotos dos seus pequenos

Sabe aquele cobertor que seu filho não desgruda, seus brinquedos favoritos, seu mimo com o animal de estimação? Todos estes momentos são perfeitos para eternizar, por meio das imagens, a infância de seu filho. “É muito fácil a tarefa de fotografar em casa, basta ter muita calma, paciência, e tomar alguns cuidados como enquadramento, luz, para tornar a foto interessante”, observa a fotógrafa Rafaela Tarlé.

LUZ

Prefira sempre fotografar com uma luz suave dando preferência pela luz do início da manhã e do final da tarde que aquecem a foto e dão um efeito maravilhoso. Aproveite também para fotografar em dias encobertos, quando o céu nublado funciona como um difusor, atenuando as sombras. Você também deve aproveitar para fotografar dentro de casa, utilizando a luz que vêm da janela, que também cria um efeito bem interessante! Evite a luz do meio dia que acaba deixando a criança franzida e projeta sombras no rosto.

COMPOSIÇÃO

Nada pior em uma fotografia do que não sabermos para onde olhar. Temos que destacar o que queremos retratar, quanto mais uniforme for o fundo melhor. Evite fundos com muita luz, excesso de cores ou de estruturas que nos tirem a atenção do nosso objetivo principal, a criança. Em último caso tente fazer com que o fundo fique fora de foco. Procure não deixar a criança centralizada, pois deixa a composição monótona, varie a distância que você fotografa, chegue mais perto criando um close e se afaste fotografando a cena inteira. Procure sempre fotografar na altura dos olhos da criança, então se abaixe e deixe a criança brincando enquanto você fotografa.

CÂMERAS

O mais importante, independente de marca ou tamanho, é conhecer os recursos que a câmera oferece. A dica valiosa é dar atenção especial à resolução (uma câmera de 6 megapixels gera fotos que ficam boas impressas até o tamanho 20 x 25), e também com relação à ótica (lentes).

Fonte: http://www.revistaviver.com.br/blog/?p=634

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...