segunda-feira, 4 de abril de 2011

Lucca e mamãe Francesca em: Prematuro, a luta pela vida

Nossa emocionante história de hoje, se passou em Blumenau, Santa Catarina. Mamãe Francesca nos conta os quase três meses de internação e como Lucca passou por tudo com muita garra!

"Meu filho Lucca nasceu prematuro, em 30.8.2009, com 28 semanas de gestação. Pesou apenas, 1,580 quilos e 40cm, tendo chegado a pesar 1,380 quilos. Nossa história começou dia 18.8.2009, quando tive uma grande hemorragia. Fiquei internada por quatro dias. Neste período aplicaram em mim injeções de corticóide, para que os pulmõezinhos de Lucca amadurecessem mais rápido.

A previsão, caso Lucca tivesse nascido no dia em que fui internada pela primeira vez, era de que pesasse 980 gramas! Com muita sorte, consegui manter a gestação por mais duas semanas.

Uma semana após a alta, fui internada novamente com hemorragia. Apesar de estar aparentemente calma, fui sedada pois tinha dores e contrações. Estava também agitada pelo fato de saber que meu Lucca, tão guerreiro, nasceria prematuro.

E foi assim que aconteceu. Dia 30.8.2009 amanheci com dores, meu sangramento não parou. Já estava perdendo líquido amniótico, corríamos risco de vida. Às 11h19 meu filho Lucca veio ao mundo. Não vi ele nascer, não chorou. Foi levado com urgência para a UTI Neonatal e colocado no oxigênio, pois não conseguia ainda respirar sozinho.

Vi meu filho no dia seguinte à 1h. A felicidade que senti no momento em que o vi jamais esquecerei! Também não esquecerei o medo que senti ao vê-lo entubado mas sabia que era para seu bem. E assim foi indo. Todo dia uma novidade boa: ele ganhava peso, algumas ruins quando ele tinha tido crises de apnéia. Também teve anemia e precisou de transfusões de sangue. Lucca não aceitou o leite materno prontamente, demorou nove dias. Confesso a vocês que foram os mais difíceis da minha vida.

Dia 22.9.2009, recebi uma ligação dizendo que Lucca havia recebido alta da UTI Neonatal! Iria, então, para o quarto aprender a mamar e ganhar os dois quilos que precisava, foi um dos dias mais felizes da minha vida! Sabia que iria logo pra casa. Foram dezoito dias no quarto. Fomos para casa dia 9.10.2009.

Foi uma experiência e tanto! Sofri demais... Fiz amizades que tenho contato ate hoje, afinal morei dentro de um hospital por quase três meses entre minhas internações, UTI Neonatal e quarto.

A rotina do primeiro ano incluiu médicos especialistas como cardiologista e neurologista. Lucca fez fisioterapia dos sete aos quatorze meses, pois ele tinha uma pequena hipertônica no tendão. Fizemos muita fisioterapia para ele não precisar usar botinhas.

Optei por sair do meu emprego e ficar a disposição dele, pois precisava muito de mim. Foi assim até 1 ano e 2 meses!

Lucca mamou apenas cinco meses no peito, quando saímos do hospital ele já tomava complemento.

Hoje meu Lucca tem 1 ano e 7 meses, é um menino cheio de saúde, muito lindo e sem seqüelas! Andou com 1 ano e 4 meses (e não pára mais...), tem apenas problemas respiratórios como bronquite e asma. Precisa usar bombinha mas o que é isso perto do que ele passou?

Agradeço a todos do Hospital Santa Catarina pelo apoio. Agradeço também à Dra Andréa, pediatra do Lucca desde a UTI, devo muito a ela. Agradeço também à minha família, que mesmo de longe deu apoio, minha sogra e meu sogro, cunhada, tantas pessoas... Agradecer ao meu marido que esteve todos os momentos do meu lado. Obrigada por tudo!"

Editado por Monica mãe de Beatriz

Quer ler aqui a história de seu bebê? Mande um e-mail com fotos e autorização para: pequenosguerreiros@hotmail.com.
Todas as hstórias são editadas antes de serem postadas.
O Projeto Pequenos Guerreiros apoia a amamentação do prematuro ao seio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...